O que é cobertura vegetal e como aplicar.

cobertura_vegetal_paillage_potager_mulching_02

É raro na natureza vermos o solo exposto. Isto acontece por um motivo: as plantas crescem para o proteger. É por isso que, quando se lavra a terra, uma das primeiras coisas que acontece é o surgimento de infestantes, ervas resistentes, fortes e com muita fome — que podem entrar em conflito com as nossas culturas. Porquê? Porque lhes vão roubar recursos, como nutrientes e luz. Podemos declarar “guerra” às ervas daninhas ou podemos evitar que estas apareçam. Este é um dos motivos que faz com que a cobertura vegetal seja tão importante nas nossas hortas.

 

Mas vamos por partes. Antes de tudo, vamos perceber o que é isto da cobertura vegetal: é uma camada de matéria orgânica — folhas secas, palha, estilhas de madeira, cartão rasgado aos bocados — que se distribui por cima do solo para o manter protegido de agressões externas, potenciando o crescimento saudável das nossas culturas.

 

No caso das chamadas ervas daninhas, o que acontece é que esta armadura se transforma numa espécie de manta, que impede a luz de passar e, assim, não deixa que estas ervas cresçam no espaço livre do solo da nossa horta. Mas há outra razão para querer proteger o solo da nossa horta. No verão, a cobertura vegetal funciona como um protetor solar: evita a secura e as grandes perda de humidade no solo, provocadas pelo sol. No inverno, é uma espécie de guarda-chuva: protege o solo das baixas temperaturas e da força das grandes chuvas. Além disso, a cobertura vegetal também protege os bichos que estão na terra e que são responsáveis por enriquecê-la.

 

 

Como aplicar a cobertura vegetal.

No caso da cobertura vegetal de matéria orgânica, é muito simples. Basta escolher o material e aplicar no solo desocupado. Mas há alguns aspetos a ter em conta. Da mesma forma que a cobertura vegetal dificulta o crescimento das infestantes, também vai dificultar a germinação das nossas plantas. Por isso, a aplicação da matéria orgânica deve ser feita depois de a planta já instalada, já com três a cinco centímetros de altura. Outra opção é semear à parte, utilizando uma sementeira, para depois plantar.

 

Outras formas de proteger as culturas.

É ainda importante referir que existem outros tipos de cobertura vegetal. No caso das grandes culturas, usam-se telas em plástico ou um geotêxtil não degradáveis, que são materiais industriais e sintéticos. No caso de um pomar ou de uma cerejeira, pode mesmo usar-se matéria orgânica viva — ou seja, uma planta como a sementeira de trevo, uma leguminosa, que pode coexistir com estas árvores. Além de não lhes roubarem recursos (porque elas são muito maiores), contribuem para fixação do azoto da atmosfera no solo.

 

Como vimos, a cobertura vegetal é simples de obter e fácil de aplicar. Seja uma horta pequena, média ou grande as suas plantas ficam protegidas. Só tem a ganhar.

 

Kit_horta_em_casa_potager_de_balcon_vegetable_garden_kit
Kit Horta em Casa

Tudo o que precisa para começar a cultivar.

SAIBA MAIS SAIBA MAIS

Got interested?

Receive news from our blog and discover all the success stories